06/04/14

UM CONCURSO...POR QUE A COISA AQUI TÁ FEIA!

Oioi gente!
Então...é o seguinte: Pra vocês terem uma ideia de como o negócio tá ruim demais aqui pro meu lado, hoje eu abri a page do blog: "Ah que dia legal, vou postar o próximo capítulo da história hoje!"
Abri a page pra criar uma nova postagem e sabe o que veio na minha cabeça??????
Nada!!!!!!
Isso! Absolutamente nada!
Quase todos os dias é a mesma coisa! Eu tento, mas as idéias não vem pra minha cabeça! Acreditem...isso está me deixando com MUITA RAIVA!
Bloqueio criativo é uma das piores coisas do mundo! Eu não tenho idéias, mas sei de cor como resolver teorema de Tales e simplificar raízes quadradas '-'
Portanto, pra não deixar o blog inativo eu resolvi fazer um concurso (algo que, pelo visto, eu quase nunca faço)
Eu quero que vocês criem uma história!
Não precisa ser necessariamente sobre Rei Leão, pode ser sobre o que vocês quiserem e com o personagem que vocês quiserem!
Mas, um detalhe: o personagem principal deve morrer no final!
Só isso ^^
A história que eu achar mais legal será a vencedora e o dono dela poderá escolher o prêmio (um personagem para histórias, um blog especial para a história que a pessoa criou...qualquer coisa que eu possa fazer pra ver se minha criatividade desperta u.u)
Então participem o/

30/03/14

PARABÉNS PARA MIM \o/ + A OUTRA HISTÓRIA


Weee, amo Fairy Tail :3

É isso aí galera! Meu níver :)
Faço 14 anos! Tô velha não é? kkkkkk
Me desculpem por postar tão pouco recentemente...vocês devem estar de saco cheio não é? kkkkk
Bom...é isso! Só pra avisar que no dia de hoje (na verdade ontem né...mas tudo bem kkk) essa imprestável que não posta nunca aqui nasceu kkkkk
Muito obrigada a todos vocês que acompanharam meu blog até aqui, acompanharam as histórias, comentaram me incentivando quando eu precisava, leram até as postagens mais idiotas...muito obrigada mesmo!
Ahhh, a capa do reinado de Scar já está pronta! Vou me esforçar pra postar amanhã mas...não sei se vai dar ok?
Bom...o níver é meu, mas eu resolvi dar um presentinho pra vocês O3O
Vocês se lembram quando eu disse que estava confeccionando uma história de "terror"?
Pois bem...resolvi mostrá-la a vocês ^^
Só vou mostrar o início! Até porque eu ainda não terminei de escrever a história, mas já tenho uma idéia de como ela será e como irá terminar!
Lá vai:


Em um distante lugar na savana africana existia um reino chamado Coração Precioso. Era um reino rodeado de mitos e crenças nos quais eram passados de geração a geração...histórias que são de gelar o sangue do mais bravo dos leões...mas também fazia você se perguntar...é verdade? Ou apenas um conto?
Muitos alegavam serem verdade...lendas sobre animais misteriosos que vários diziam já ter visto com os próprios olhos...mas mesmo assim seu cérebro não permite que você acredite! É muita fantasia para uma história só...
Será?
A lenda mais famosa que rondava o lugar era sobre um certo espírito. Uns o descrevem como um ser abominável, de feições demoníacas, outros como um mini-furacão de sentimentos horríveis, outros apenas como uma brisa congelante que o faz sentir um arrepio na nuca!
Segundo as lendas, esse espírito escolhia um animal, entrava no corpo deste e então tomava posse dele.O espírito era muito forte, fazendo com que ele fosse dominado por completo. Todos diziam que isso não havia salvação. O sofrimento acabava somente quando o espírito estava saciado com a dor que causava. Sendo assim ele deixava o corpo do animal, na maioria das vezes o animal morria, mas em casos mais raros ele sobrevivia...mas ficava a beira da morte. A principal marca de que o espírito esteve ali eram os olhos vermelhos e normalmente, antes de ser atacado, o animal teria sonhos com ele.
-----------------------------------------

Hazel era uma leoa simples do reino, mas com um dom especial...ou talvez uma maldição!
Um dom que é passado de geração pra geração e que vem da família de seu pai! 
O avô de Hazel tinha esse dom...e ele mesmo se matou, pois não aguentava mais viver com esse fardo!
Seu pai não o tinha, mas esse dom sempre pulava uma geração...sendo assim ele seria herdado pelo seu filho! Ao saber disso, seu pai, assim que Hazel nasceu, abandonou ela quando ainda era um bebe! Hazel escapou da morte porque sua mãe implorou para que não a matasse. Mas a consequência da primeira e última tentativa de seu pai de matá-la foi uma cicatriz em seu rosto!
Quando foi abandonada ela teve sorte de uma leoa adotá-la!
E essa leoa a levou para seu antigo reino, chamado Terras de Sangue. Lá elas viviam uma vida tranquila...mas um dos filhotes do reino descobriu o dom de Hazel e, desde então, passaram a caçoar da pobre filhotinha!
Apenas um filhote a defendia...Giza!

 Giza tinha uma queda por Hazel e fazia questão de demonstrar isso! Ele era o único que sabia de seu segredo (nem a própria mãe adotiva de Hazel  sabia), mas não o contava pra ninguém, aliás, achava legal e pedia pra que ela ensinasse a ele (apesar de ela ter dito inúmeras vezes que aquilo era uma maldição e não podia ser ensinado). 
Ele era um filhote que foi aceito no reino por não ter pai nem mãe e ele sempre protegia a amiga de seus agressores. Na maioria das vezes nem precisava bater em ninguém...pois acontecia aquilo que Hazel achava muito estranho...quando ele ficava com raiva, seus olhos ficavam inteiramente vermelhos!



Um vermelho vivo, raivoso, que fazia os agressores de Hazel recuarem imediatamente!
Devido a isso, Hazel vivia se perguntando se Giza não era um "deles"...afinal, "eles" conseguem se misturar incrivelmente bem no mundo mortal tomando formas de seres-vivos...ela sabia disso! Os conhecia muito bem!
Mas Giza era diferente...ele era BEM vivo! Ela via em seu olhar...impossível que fosse um "deles"! Impossível PENSAR nele como um "deles". Afinal, se o seu melhor e único amigo realmente fosse...

Com o passar do tempo as agressões pra cima da pequena Hazel foram ficando mais pesadas...passaram a jogar pedras nela, a machucá-la, tentar abusar dela, urinar nela...
Quando o filhote mais forte de todos tentou matá-la Hazel sabia que havia chegado no seu limite...não podia mais aturar aquilo calada! 
No dia seguinte, encontraram apenas o esqueleto do filhote. O esqueleto dele estava intacto, limpo, sem nenhuma carne ou sangue e sem faltar nenhum osso! Ainda estava na posição em que morrera! Como ele morreu continuou sendo um mistério para todos do reino, mas os boatos sobre a maldição de Hazel já eram conhecidos no reino, portanto ela foi a primeira suspeita e Giza, sendo seu único amigo, também foi apontado como suspeito!
A mãe de Hazel descobriu o dom de sua filha da pior maneira possível...afinal, todos do reino já sabiam! Contaram a ela e ela ficou pasma! Mas não era hora de pensar sobre isso! Os outros filhotes do reino foram proibidos de saírem da caverna até que Hazel e Giza fossem embora! Os dois agora eram temidos por todos no reino.
Passado 2 noites a mãe de Hazel sabia que não podia mais ficar! De tempos em tempo os leões vinham gritar com ela, o rei apenas não a tinha expulsado ainda pois tinha uma queda por ela...e ambos tinham um segredo em comum...

Assim Hazel e sua mãe decidiram sair de lá, levando Giza junto (afinal, ele não tinha família...com quem iria ficar?) e assim foram parar em Coração Precioso.

Hazel, sua mãe e Giza foram aceitos, mas assim que bateu os olhos na pequena o rei sabia que havia alguma coisa errada! Havia sonhado com ela pouco antes de se tornar rei!
Era um sonho nada amigável! Nele, Hazel tinha olhos vermelhos hipnotizantes e um sorriso sádico! Sangue escorria por sua boca e ela dizia, com a voz recortada, a seguinte frase: "Quando o céu negro tiver a marca de minha presença, sua vida, frágil como uma fio estará entre minhas garras!" 
O rei nunca esquecera esse sonho...ás vezes até o tinha de novo!
Quando olhou para Hazel sabia que não devia aceitá-la! Devia matá-la de uma vez...mas ela parecia perfeitamente normal! Brincava com Giza como um filhote qualquer o faria. E, assim, ele cometeu o erro de aceitá-la!
Uma noite antes de sua morte ele sonhara com um ser negro como a noite! Tão negro que ele não podia distinguir suas feições! Este tinha olhos vermelhos e fazia ruídos estranhos...parecia querer se comunicar com ele, mas em uma língua impossível de ser compreendida!
No dia seguinte, sua morte brutal havia sido ocorrida! O rei havia sonhado com o maligno espírito das lendas!
Lógico...isso era dito como uma lenda banal! Algo apenas para tirar o sono de criancinhas...mas os moradores do reno encontraram o rei morto dentro da caverna misteriosamente...ele tinha indícios de que tinha sido mutilado e suas próprias garras e dentes continham sangue.
Mas o mais macabro era que seus olhos...estavam de um tom vermelho vivo!
Depois teve a terrível onda de pesadelos...uma horripilante voz na escuridão...falando que apenas uma de todos eles podia salvá-los da morte! Todos os leões do reino tiveram esse mesmo pesadelo, menos a suposta "salvadora"!
Hazel!
---------------------------------------------------
Agradecimentos a Karina Souza, por ter me inspirado a criar essa história com essa maravilhosa história AQUI

E aí? O que acharam?
Parabéns para miiim \o/ iuhuuul
Kkkkkkk
Adivinharam qual é o dom de Hazel? Tem ao menos uma ideia do que é?
O que acham que é? E qual será esse segredo em comum que a mãe de Hazel tem com o rei de Terras de Sangue?
Bom...certas coisas não posso revelar...mas se vocês acertarem...quem sabe? Ueheueuhe
Até depois galera o/





22/03/14

QUASE MORRENDO!!!!!!!

Oi oi gente boa!!!!!!
Eu sei que eu tenho postado MUITO pouco no blog...mas é por que a minha vida está muito corrida!!!
O nono ano é péssimo! Eu estou em uma escola muito puxada! Só na semana passada foram 3 trabalhos pra entregar, 1 pra fazer, 2 provas (temos provas toda semana e de duas matérias diferentes e.e), 1 redação (também temos redação toda semana) e uma prova hoje (sábado...SÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOSÁBADOOOOOOOOOOOOOOOOOOO, PROOOOVVVVVAAAAAAA NNNNOOOOOOOO SSSSSÁÁÁÁÁAÁÁBBBBBBBAAAAAADDDOOOOOOO)
E eu estou meio que surpresa com tudo isso...por quê é a primeira vez que eu vou em uma escola tão puxada assim!
Eu passo a maior parte dos meus dias estudando...então por favor, não fiquem chateados comigo :C
Hoje mesmo eu vou fazer o rascunho do próximo capítulo do Rei Leão inverso e escolher imagens (se tiver alguma e.e), aí amanhã eu vou estudar (prova segunda de química e português :( bueee) e então postar o próximo capítulo!
Por favor...tentem não me matar :X
Ahhh, e ainda tem uma história que eu estou fazendo! Está em trabalho de adaptação mas eu acho que está ficando legal...
É sobre uma filhotinha de leoa que tem um...digamos...dom!
Não é de terror TERROOOOR mas é um pouquinho assustadora :L
Então é isso galera...espero que entendam minha situação!
Agora fique com Deus...
Seja feliz...
Grite para o céu...
Escreva "ai meu corassaum" no Google Tradutor e peçam para a mulher falar...
Não procurem o significado de lepo-lepo...(essa é séria!!!)
Ame a Vitani (Rei Leão), a Angel (Dama e o Vagabundo 2), o Koda (Irmão Urso), o Scourge (Gatos Guerreiros), o Leo Valdez (Percy Jackson)...
Chega pelamordeDeus :P
kkkkkkkkk
Agora fiquem com um Simba com medo de altura '--




16/03/14

O REI LEÃO ALTERNATIVO - O REINADO DE MUFASA - CAP 2

Vários dias como aquele se repetiram...alguns dias o treinamento era tão intenso que Simba nem tinha tempo para brincar com Tama. Mufasa treinava Simba o dia inteiro e Sarabi achava melhor não se intervir...achava que o marido sabia o que estava fazendo!
Simba quando saia pra brincar era zoado pelos outros filhotes de "princepezinho da mamãe" "mimadinho" e coisas assim! Tama pedia para que parassem...mas nunca adiantava!
Mas enquanto isso, algo muito pior acontecia no Cemitério dos Elefantes, Scar não havia posto as patas no reino desde o nascimento de Simba! O plano maligno que armava com a ajuda das hienas era realmente a prova de falhas...Scar finalmente iria ter o que tanto queria...o reino!
........................................
Alguns dias se passaram...Simba tinha ganhado um dia de folga por insistência de Sarabi e então ele resolveu chamar Tama, a leoazinha não estava, então Simba resolveu explorar o reino! No meio da exploração ele vê um leão de pelo avermelhado e juba preta vindo em sua direção, Simba imediatamente se lembrou dos treinos que seu pai havia lhe dado...sempre que encontrar um invasor erice o pelo, ponha as garras pra fora e mostre os dentes:
Simba: Quem é você?
Scar: Epa...calma lá pequenininho...sou seu amigo...
Simba: Mas quem é você??
Scar: Me chame de Scar...sou irmão do rei! Para ser mais direto sou seu...tio!
O modo como Scar falou a palavra tio fez Simba duvidar um pouco:
Scar: Vim falar com o seu pai!
Simba: Hmm...ele não pode falar agora. Está na patrulha do...
Scar: Então gostaria de vir comigo procurá-lo? Me desculpe mas esse reino é enorme e eu não venho muito aqui...
Simba hesitou...mas concordou em ajudar Scar na procura por seu pai!
Eles andaram até que Scar avistou Mufasa perto de uma árvore alta, Scar imediatamente pôs seu plano em ação. Levou Simba até um desfiladeiro:
Scar: Simba, espere aqui...seu pai e eu logo iremos vir, temos uma surpresa pra você!
Simba: O que é?
Scar: Se eu falasse deixaria de ser surpresa!
Depois de um pouco de argumentação Simba concordou em ficar ali esperando seu misterioso tio.
Ele treinou um pouco o rugido e logo ficou entediado...não se tinha muita coisa pra fazer lá!
Mas de repente ele ouviu um barulho...era alto mas parecia meio distante! Simba percebeu que o chão começava a tremer e logo se deu conta do que era!



Saiu correndo sem pestanejar enquanto uma debandada de gnus corria na sua direção!



.............................................
Scar se afastava do lugar em que tinha sinalizado para as hienas dispersarem a manada, foi correndo até o lugar onde Mufasa estava:
Scar: Mufasa...uma debandada no desfiladeiro...Simba está lá!
Mufasa: Simba?
Mufasa seguiu correndo Scar na direção do desfiladeiro, ao chegar lá ele se deparou com Simba preso em um galho, prestes a cair!
Mufasa correu, conseguiu salvar o filho...mas não teve sucesso em salvar a própria vida!
Assim que se viu em segurança, Simba escalou até uma rocha mais alta, perto de onde Scar estava sentado observando a manada!
Mufasa deu um salto e conseguiu se prender em uma rocha...mas ela estava muito íngreme...ele logo cairia se não tivesse ajuda! Scar estava logo em cima dele:
Mufasa: Scar...irmão, me ajude!
Scar estava pronto para matá-lo...mas, no olhar de desespero do irmão, ele se lembrou de várias coisas!
Lembrou-se de quando ele e Mufasa eram filhotes e brincavam juntos, lembrou-se de vários passeios que sua mãe, Uru, fazia levando os dois junto, lembrou-se das vezes em que Mufasa tentou consolá-lo e ele, com raiva, se afastava do irmão...
...ele se deu conta...iria matar o próprio irmão a sangue-frio? Como tinha pensado em fazer isso!!!
De repente Scar voltou a realidade, desesperado:
Scar: Mufasa!!! Segure minha pata, rápido!!!
Mufasa se esforçou, tentou agarrar a pata que o irmão oferecera...
...mas foi tarde demais!
Mufasa despencou de costas em direção a morte!
Scar prendeu a respiração...o que ele tinha feito?
Ele abaixou a cabeça deixando que a juba escondesse sua feição de tristeza.
Quando ergueu a cabeça novamente viu um filhote dourado ao seu lado...Simba!
O pequeno nada disse...ficou com a cabeça abaixada! Scar mal podia ver sua feição! Antes que pudesse falar qualquer coisa o filhote disse com uma voz rouca e baixa:
Simba: Você...você o matou!
Scar se virou rapidamente para Simba:
Scar: O que disse?
Simba ergueu o rosto lentamente...seus olhos estavam vermelhos e inchados de tanto chorar e sua expressão era feroz! Ele gritou com toda força que pode:
Simba: VOCÊ MATOU MEU PAI!
Scar recuou a cabeça:
Scar: Simba...eu...eu não...
Simba não queria fugir correndo dali, mas foi o que fez! Saiu correndo e chorando do lugar de onde o pai morrera! Correu pela savana quase que o dia inteiro. Tinha achado uma forma de extravasar a tristeza!
Quando voltou para a Pedra do Rei parecia que a notícia da morte do rei já havia se espalhado, as leoas olhavam pra Simba com um olhar que ele não conseguia identificar...pena? Raiva? Parecia uma mistura dos dois!
Ele entrou na caverna, queria ficar lá deitado o resto do dia, mas quando entrou lá viu algo que não queria ter visto!
Scar estava abraçado com Sarabi enquanto a consolava! Sua mãe aparentava ter acabado de chorar rios de lágrimas, mas já não chorava mais! Zazu estava aos pés dela, com uma asa em cima de sua pata! Assim que ele entrou todos eles se voltaram para encará-lo, e então a expressão de Sarabi mudou, ela o olhava com frieza, mas as palavras que saíram da sua boca foram mais frias que qualquer outra coisa:
Sarabi: Como ainda tem coragem de aparecer aqui...sabendo que acabou de matar seu próprio pai!

CONTINUA...
------------------------------------------------
"Ahh...Mufasa! A alma dele apenas deslizou para os meus braços! Era leve, porém continha certa pitada de tristeza...nem todo mundo é perfeito não é?
Pobre Simba...desolado, triste...vendo seu pai ser morto pelo resultado de uma inveja incontrolável! Como será daqui por diante?
------------------------------------------------
P.s: Vish...o bagulho vai ficar tenso O.o
Bom...esse foi o curto reinado de Mufasa :B kkkkk
Agora entraremos em O Reinado de Scar...a capa já está quase pronta!
Não percam os próximos capítulos ^^

09/03/14

O REI LEÃO ALTERNATIVO - O REINADO DE MUFASA - CAP 1

Mais uma manhã tranquila nas Terras do Reino!
Como a maioria das manhãs, aquela estava silenciosa, a não ser pelo canto dos passarinhos, e uma brisa fresca soprava no ar...
Na Pedra do Rei todos os leões ainda dormiam...
...menos um!
O Rei Mufasa saiu da caverna e respirou o ar fresco da manhã, em seguida foi até seu filho, Simba, que estava adormecido ao lado de sua mãe, a Rainha Sarabi:
Mufasa: Simba, acorde! - Mufasa chacoalhava seu filho de leve - Já é de manhã! Hoje começamos com suas lições, lembra-se?
Simba abriu os olhos sonolento:
Simba: Pai? O Sol ainda nem nasceu!
Mufasa estufou o peito:
Mufasa: Um bom rei sempre acorda antes do nascer do Sol filho! Vamos, levante-se!
Simba: Não podemos deixar isso pra amanhã pai? Estou cansado...
Mufasa: Um bom rei também sempre cumpre com suas responsabilidades! Vamos Simba, estou te esperando lá fora!
Mufasa saiu caverna afora, Simba espreguiçou-se e bocejou, já ia seguindo o pai quando Sarabi intrometeu-se:
Sarabi: Obedeça seu pai Simba...você sabe muito bem como ele é!
Simba suspirou...sabia muito bem o jeito de seu pai!
Simba saiu da caverna, ainda meio zonzo de sono, e viu Mufasa parado olhando o Sol nascente:
Mufasa: Está atrasado Simba!
Simba: Como assim atrasado?
Mufasa: Era pra você ter vindo assim que eu te chamei! Como espera ser um bom rei assim?
Simba ia protestar, mas achou melhor abaixar a cabeça e ficar quieto!
Ele sentou-se ao lado do pai:
Simba: Me desculpe pai!
Mufasa respondeu sem tirar os olhos do Sol que nascia:
Mufasa: Bom Simba, hoje suas lições de como ser rei começam...todos os dias elas durarão um dia inteiro!
Simba suspirou! Que saco!
Logo um exaustivo dia de lições havia se passado...Simba estava exausto!
Finalmente seu pai havia deixado que ele saísse pra brincar...mas como sempre não podia brincar com qualquer filhote, apenas com os de sangue real! E como sempre não podia voltar pra casa antes do escurecer...sendo que as lições haviam acabado no fim da tarde, Simba estipulou que teria muito pouco tempo pra brincar! De repente um grito corta seus pensamentos:
- Simba!!!!
Simba olha pro lado e sorri...justamente a leoa que queria encontrar!
Ela veio correndo em sua direção, a franja caindo nos seus olhos toda hora! Simba riu:
Simba: Oi Tama!


Tama: Simba, eu te procurei por toda parte! Onde estava?
Simba: Me desculpe, as lições do meu pai começaram hoje!
Tama: Ah...entendo!
Tama olhou ao redor, como se a conversa não a interessasse muito:
Simba: Só vou poder me encontrar com você por esse horário agora! - Disse Simba suspirando - Meu pai está obcecado por essas lições idiotas!
Tama fitou o chão:
Tama: Seu pai é um bom rei Simba - disse ela - Mas...o problema é que ele é muito orgulhoso...e ele quer muito que você se torne um rei, digamos, tão bom quanto ele!
Simba: Exato! Ele é obcecado por isso! - Simba disse com tanta revolta que Tama até riu:
Tama: Não precisa ter essa raiva toda do seu pai...ele só quer o melhor pra você!      
Simba: Sabe Tama...acho que você é a única desse lugar que me dá atenção!
Tama: Você deveria se esforçar pra ter mais amigos...
Simba: Como se você não soubesse...meu pai não me deixa falar com outro filhote que não seja você...diz que não gosta que eu me misture com a "plebe"!
Tama: Bom...tem o Malka! O pai dele é rei de um reino vizinho...
Simba: Ahh...Malka é muito metido pro meu gosto! Não gostaria de ser amigo dele!
Tama olhou pra Simba com um olhar distante...parecia buscar soluções:
Simba: Meu pai só me deixa brincar com você porque você tem...como que ele falou? Ah: Linhagem Real!
Tama balançou a cabeça, como se o assunto a incomodasse:
Tama: Ah...sim, meu tataravô foi rei uma vez...salvou o reino de um incêndio! Mas foi derrotado em uma luta com um leão mais jovem...não gosto de falar sobre isso...me faz parecer uma espécie de inútil da família sabe...
Simba: Acredite...eu te entendo e muito!
Tama: Mas...vamos parar com esses papinhos e vamos brincar logo!

Tama play by SilvertoneAnimals

Simba fitou o céu...como tinha escurecido tão rápido?
Simba: Me desculpe Tama, mas não vou poder ficar mais...já é noite!
Tama: Ahnn...que pena...mas tudo bem! Amanhã nos encontramos?
Simba: Pode deixar! Tchau Tama!
Tama: Tchau Simba!
Simba se dirigiu até a caverna pronto pra ouvir um sermão dos pais, enquanto Tama voltava-se pra onde seus outros amigos estavam:
Tama: Oi gente!
Nala: Onde estava Tama?
Chumvi: Aposto que estava com aquele metido do Simba de novo!
Tama: Ele não é metido Chumvi...o pai dele só não deixa ele brincar com vocês...
Tojo: Porque não temos status suficientes?
Tama: Não...não é isso...
Malka: Por que então?
Tama: Porque...porque...
Tojo: Tá vendo? Nunca fui com a cara dele...
Tama abaixou as orelhas...tentava defender o amigo, mas não tinha ideia de como...
Chegando na caverna Simba se deparou com Mufasa na porta da caverna...ele fitava o filho com um olhar de desaprovação que fez Simba tremer nas bases:
Simba: Pai...me desculpe...eu...
Mufasa: Poupe-me de suas desculpas, pra dentro! Ficará de castigo na caverna por 2 tardes!
Simba abaixou a cabeça, entrou na caverna e encolheu-se em um canto. Mufasa continuou observando a lua minguante no céu, Sarabi veio e sentou-se ao seu lado:
Sarabi: Não acha que está sendo rude demais com ele?
Mufasa respondeu ainda com os olhos pendurados no céu:
Mufasa: Sarabi eu...estou preocupado!
Sarabi: Com o que?
Mufasa: Eu não vejo Scar á dias...alguma coisa me diz que ele está planejando algo...que ele voltou a ver aquelas malditas hienas!
Sarabi: Mufasa...dê uma chance a Scar...
Mufasa: Não consigo confiar nele Sarabi...me desculpe!
Sarabi: Tente dormir um pouco...vai ajudar!
Sarabi entrou na caverna, Mufasa continuou lá, olhando para as estrelas como se procurasse algum tipo de ajuda...
Continua...
--------------------------------------------------------
Ahhh...Mufasa...
...um rei generoso...orgulhoso...preocupado apenas com si mesmo...uma ironia que, pensando tanto em si, não veja que sua hora se aproxima cada vez mais...
-------------------------------------------------------------------
P.s: Bom gente...o primeiro capítulo foi meio chatinho porque foi mais um capítulo de apresentação mesmo...tipo revelando os personagens e suas características!
O Reinado de Mufasa será curto porque não acontece muita coisa no reinado dele e eu comecei a história depois do nascimento de Simba, então não terá muita coisa pra se contar ^^
Espero que tenham gostado, FUI!!!!!!!!!!!!!!1

08/03/14

O REI LEÃO ALTERNATIVO - CAPA "O REINADO DE MUFASA"

Fala seus sangue-bom ;D
Então...eu adoro fazer capas pras minhas histórias...então eu vou fazer capas pra essa também :D
A cada reinado (Reinado de Mufasa, Reinado de Simba...) eu vou confeccionar uma capa...beleza?
Essa é a capa do Reinado de Mufasa:



Espero que tenham gostado...passei muito tempo fazendo :P
Foi trabalhoso mas eu adoro esse tipo de trabalho...hehehe
Fiquem ligados...o 1 capítulo da história e o AFN devem sair amanhã!
Beijos no coração :*
(um beijo no coração deve fazer uma cosquinha né??? Kkkkkk)

07/03/14

REI LEÃO ALTERNATIVO - PRÓLOGO!

Fala gente boa!
Então, vim postar o Prólogo de O Rei Leão Alternativo!
Só pra vcs terem o gostinho da história...^^
Então vamos lá:

Prólogo:
Não adianta se iludir...você irá morrer um dia!
Não tem como escapar, todos passarão por isso. Você saberá quando for a hora certa! Saberá quando eu estiver lá...e nesse momento todos os seus esforços serão em vão.
Te dou apenas um conselho...quando realmente for a sua hora não se desespere! Tente levar da forma mais tranquila possível!
Oh...creio que eu deveria começar me apresentando...mas dispenso apresentações...afinal, você me conhecerá mais cedo ou mais tarde...lógico que não antes do seu tempo!
Ás vezes eu vou para lugares inesperados...eu vou para lugares que me atraem para que eu realize meu ofício!
Sinceramente...não sei o que um certo lugar na savana denominado Terras do Reino tinha de tão especial...mas me atraiu!









Nascimento...
...sempre tive ele como o meu oposto...enquanto este trás alegria, esperança...eu trago dor, insegurança, medo...
Mas não o invejo, claro que não! Gosto do meu ofício, afinal, sempre que um outro ser recebe o dom da vida, ele, por algum motivo, sabe que algum dia eu o levarei! Simples assim!
É o que muitos chamam de Ciclo da Vida!


















Mas...nem todos ficam felizes com o nascimento!
Aqueles que acham que ele não pode trabalhar para pessoas erradas, aqueles que acham que, ao invés do nascimento, eu deveria estar atuando em cima de certos indivíduos!
Na maioria das vezes, essas pessoas são tomadas por um sentimento que eu particularmente considero algo banal...a INVEJA!
Banal, porém útil...pelo menos para mim! Afinal, é graças a esse sentimento que, na maioria das vezes, eu realizo meu ofício!
E é graças ao meu ofício que outro sentimento pode ser gerado...a VINGANÇA!
Outro sentimento útil para mim...já deve saber porque!
E nessa história que vou lhes contar sentimentos assim são, infelizmente (ou felizmente, para mim), os mais presentes!

O REI LEÃO
Versão Alternativa
-------------------------------------------------------------------------------
Yay, é isso galera!
Foi um Prólogo curto, mas eu gostei bastante ^^
Pra quem ficou com dúvida: Quem está narrando a história acima é a morte! Vi essa ideia em um livro chamado A menina que roubava livros, e decidi usar!
A morte aparecerá narrando algumas vezes na história!
Bom, espero que tenham gostado, FUI!